segunda-feira, 26 de julho de 2010

Porque a palavra mata e o espírito vivifica de acordo com a biblia?

Por muitas vezes e por muito tempo, ouvi isso dentro da antiga congregação, ouvi principalmente do lider principal da igreja em todo o mundo, como também, pelos responsáveis regionais e muitas outras pessoas. Por sua vez, eu também falei isso muitas vezes porque me foi ensinado da forma que eles entenderam. Sempre com o objetivo de passar a seguinte idéia:

"porque a palavra mata, mais o espirito vivifica"
(2 Corintios 3.6)



Veja agora o sentido dessa expressão, que anteriormente me foi esinado e que até hoje continua sendo a fé erronea de muitas pessoas.

Quando uma pessoa, de qualquer religião, principalmente evangélica, preferencialmente de outra instituição na qual não fazia parte da igreja que frenquentava anteriormente, e a pessoa que pronuncia sua fé em Jesus Cristo, mesmo que buscasse ter uma vida limpa com o Senhor Jesus, mais a vida dela não anda para frente, não tem uma vida muito próspera, de maneira que possa chamar a atenção de outras pessoas e dar um excelente testemunho financeiro, de cura, de milagres e etc. Mais essa mesma pessoa, conhece a biblia, lê a biblia constantemente, lê as promessas de Deus que constam na biblia.
Então o objetivo dessa expressão usada anteriormente, seria de que essa pessoa ou grupos de pessoas que tem conhecimento da leitura biblica "da letra", mais a vida dela "não mostra" um avanço, principalmente financeiro, era sempre esse o maior foco, é porque ela não usa a fé de forma inteligente, em desafios, em propósitos, principalmente em colocar Deus a prova, e assim, a letra que mata é que está escrita na própria biblia, o texto em geral, que se não for executado uma "fé em propositos", "a fé inteligente", pois é ensinado que Deus age dessa forma, e isso faz o espirito que vivifica agir verdadeiramente na vida de um crente!  Esse era o sentido de que a fé inteligente é que vivifica!!!

E assim, eu por muitas vezes falei também: "São fanáticos, ficam lendo a biblia o dia inteiro, vão para suas igrejas pobrizinhas, com a biblia de baixo dos braços e com ternos rasgados e uma vida miserável". Mais creem em Deus!!!

É uma trágica e triste ironia que a maioria dos lideres religiosos de hoje estejam arrancando este versículo de seu contexto verdadeiro e destorcendo seu significado tão completamente, que eles negam o verdadeiro ponto que Paulo está dando no texto. Algumas pessoas, quando confrontadas com o fato que suas doutrinas e práticas humanas não são aprovadas no Novo Testamento, são tão orgulhosas ou tão cegas, que não admitem seu erro. Em vez disso, elas atiram este versículo na face daquele que está salientando a importância de obedecer Cristo e ainda sugerem que o estudo cuidadoso da Bíblia é inútil e até perigoso, ao ponto de chamarem as pessoas de "fanáticos'", por lerem muito a biblia e ter um vida "pobrezinha," É exatamente isso que ensinado em muitas igrejas: "porque a letra mata, mas o Espírito vivifica". Que blasfêmia contra a palavra de Deus!


Veja o real sentido "de quem mata" e "de quem vivifica", na qual Apostolo Paulo ensinou aos cristãos do primeiro século:
(é só lermos o que os lideres dessas igrejas não fazem!!)


não que, por nós mesmos, sejamos capazes de pensar alguma coisa, como se partisse de nós; pelo contrário, a nossa suficiência vem de Deus, o qual nos habilitou para sermos ministros de uma nova aliança, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata, mas o espírito vivifica.
E, se o ministério da morte, gravado com letras em pedras, se revestiu de glória, a ponto de os filhos de Israel não poderem fitar a face de Moisés, por causa da glória do seu rosto, ainda que desvanecente,
como não será de maior glória o ministério do Espírito!
(2 Corintios 3.5-8)






Para começar, sem fazer interpretações erroneas, a propria biblia nos mostra o que precisamos. Temos que conhecer Quem é a nova aliança na qual temos que ser ministros, Que é o ministério do Espírito (o que vivifica) contrario ao ministéro da morte (da letra), "que mata" gravado em pedras!


O Ministério da nova aliança (Espirito que vivifica)

Agora, com efeito, obteve Jesus ministério tanto mais excelente, quanto é ele também Mediador de superior aliança instituída com base em superiores promessas. (Hebreus 8.6)


O Ministério da morte (da letra que mata)

tendo acabado de falar com ele no monte Sinai, deu a Moisés as duas tábuas do Testemunho, tábuas de pedra, escritas pelo dedo de Deus.
(Exodo 31.18)

Lembrai-vos da lei de Moisés, meu servo, que lhe mandei em Horebe para todo o Israel, a saber, estatutos e juízos.(Malaquias 4.4)


OBS: Veja a ordem na Lei de Moises, que está bem claro, para todo o Israel, para os judeus, e não está escrito para os gentios, ou melhor, os brasileiros, americanos, africanos. E Horebe que dizer monte, no Sinai, aonde foi dado os mandamentos, estatudos e juízos.




Vejam agora a prova biblica que o ministério da morte (a lei de Moises)escrita em pedras em forma de mandamentos, os estatutos e juizos é contrário ao Ministério do Espirito (doutrinas do Senhor Jesus Cristo), de forma que foi abolida pelo nosso Senhor em Sua morte na cruz:


Mas, agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, fostes aproximados pelo sangue de Cristo. Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos {ambos: judeus e gentios} fez um; e, tendo derribado a parede da separação que estava no meio, a inimizade,
aboliu, na sua carne, a lei dos mandamentos na forma de ordenanças, para que dos dois criasse, em si mesmo, um novo homem, fazendo a paz,
e reconciliasse ambos em um só corpo com Deus, por intermédio da cruz, destruindo por ela a inimizade. (Efésios 2.13-16)


E porque a letra que mata (lei de Moisés) foi considerada ministério da Morte quando Deus estabeleceu o Ministério do Espírito que vivifica?

Sem misericórdia morre pelo depoimento de duas ou três testemunhas quem tiver rejeitado a lei de Moisés. (Hebreus 10.28)


Veja o que a nova aliança (Espirito que vivifica), o Senhor Jesus Cristo,  disse para os mestres da lei, que defendiam a lei mosaica:

Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício, não condenaríeis os inocentes.(Mateus 12.7)

OBS: Está claro que um dos maiores motivos dos mandamentos em forma de ordenancia da lei de Moisés foi abolida pelo Senhor Jesus Cristo, é pelo fato de que os homens da época, não usavam os preceitos mais importantes que a lei tinha como representatividade e fundamento na justiça, na misericórdia e a fé. Na verdade, eles punião quem quisesse, pois se uma mulher mesmo que não cometesse adultério, mais ainda sim, 03 judeus confirmasse e falasse ao marido que  sua esposa foi encontrada em adultério, pela Lei de Moisés ela era apedrejada sem misericórida pelo depoimento desses 03 judeus!


Isso aconteceu muito em Israel na época em que o Senhor Jesus Cristo se manifestou em carne, e Ele mesmo deu uma bronca, uma admoestação severa para esses judeus falsos e hipócritas. Veja:

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.(Mateus 23.23)

OBS: Este versículo deve ser bem analisado, imagine só o Senhor Jesus chegar até nós, e chamar de falsos, mentirosos, enganadores. Pois hipocrisia representa essas caracteristicas e os judeus, escribas e fariseus, tinha o mandamento conforme a lei de dar os dizimos. Eram hipocritas, pois na frente das pessoas se mostravam cumpridores da Lei de Moisés, mais conforme o Senhor Jesus em (Mateus 12.7),  não tinha misericordia das pessoas e as condenavam a morte. Então, muitos alegam, que essa declaração do Senhor Jesus Cristo é mandamento de dar o dizimo atualmente, isso foi uma admoestação, uma bronca para os Judeus que gostavam de mostrar que eram certinhos nos preceitos da lei, e o mais importante não obedeciam, os principais fundamentos que a Lei de Moisés tinham como intuito que era: a justiça, a misericrodia e a fé!


Por esse motivo que o Senhor Jesus Cristo disse que não veio revogar a lei, são os principios elementares que a lei tem representatividade: a justiça, a misericordia e a fé. As ordens em forma de mandamentos da lei de Moisés que não cumpridas levavam o povo de Israel, os Judeus a morte e as maldições, essas sim foram abolidas pelo Senhor Jesus, Ele nos resgatou da lei gravadas em pedras (letra que mata). E hoje a humanidade tem o livre-arbitrio de obedecer e seguir a lei de Cristo!!

Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir.(Mateus 5:17)

Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;(Galatas 3.13)

Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,
Para resgatar os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos.(Galatas 4.4-5)


A prova de que a lei de Moisés tinha estatutos e ordens que não cumpridas levariam a morte. Hoje em dia, na graça, temos o livre arbítrio do que devemos e não podemos fazer pela fé em Jesus, por isso, um verdadeiro cristão observa as ordens deixadas pelo Senhor Jesus e também ao evangelho de Cristo nas carta do apostolo Paulo as igrejas. A falta de obediência acarretará no fim com o Juizo de Deus!  Toda lei escrita a Moisés foi abolida porque matava, essa é a letra que mata!

Quem ferir alguém, de modo que este morra, certamente será morto.(Exodo 21.12)

Mas se alguém agir premeditadamente contra o seu próximo, matando-o à traição, tirá-lo-ás do meu altar, para que morra.(Exodo 21.14)

O que ferir a seu pai, ou a sua mãe, certamente será morto.(Exodo 21.15)

E quem raptar um homem, e o vender, ou for achado na sua mão, certamente será morto.(Exodo 21.16)

E quem amaldiçoar a seu pai ou a sua mãe, certamente será morto.(Exodo 21.17)


OBS: Você que gosta de falar mal ou responder a sua mãe e ao seu pai com palavras de insulto, maldizentes certamente você morreria na Lei de Moises!


Vejam mais ordens do ministério da Morte (Lei de Moisés), que se hoje Deus fosse agir como mandamento na época de Israel para os nossos dias muitas pessoas receberiam condenção de morte!

Quando um homem amaldiçoar a seu pai ou a sua mãe, certamente morrerá; amaldiçoou a seu pai ou a sua mãe; o seu sangue será sobre ele.(Levítico 20.9)

Também o homem que adulterar com a mulher de outro, havendo adulterado com a mulher do seu próximo, certamente morrerá o adúltero e a adúltera.(Levítico 20.10)

E o homem que se deitar com a mulher de seu pai descobriu a nudez de seu pai; ambos certamente morrerão; o seu sangue será sobre eles..(Levítico 20.11)


E porque Deus, agora no ministério do Senhor Jesus Cristo (Espirito vivificante), invalidou a primeira aliança que fez através da lei de Moisés (palavra que mata, escrita em pedras)?

Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens sujeitos à fraqueza, mas a palavra do juramento, que foi posterior à lei, constitui o Filho, perfeito para sempre. (Hebreus 7.28)


Se, portanto, a perfeição houvera sido mediante o sacerdócio levítico (pois nele baseado o povo recebeu a lei), que necessidade haveria ainda de que se levantasse outro sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque, e que não fosse contado segundo a ordem de Arão? (Hebreus 7.11)


Quem é esse sacerdote que foi trocado pelo sacerdote da lei de Moises e qual é essa ordem de Melquisedeque?

Assim, também Cristo a si mesmo não se glorificou para se tornar sumo sacerdote, mas o glorificou aquele que lhe disse: Tu és meu Filho, eu hoje te gerei; 
como em outro lugar também diz: Tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque. (Hebreus 5.5-6)


Agora na Superior Aliança, que é o Ministério do Espírito vivificante, o evangelho do Senhor Jesus Cristo, aonde fica escrito as leis de Deus?

Porque esta é a aliança que depois daqueles dias Farei com a casa de Israel, diz o Senhor; Porei as minhas leis no seu entendimento, E em seu coração as escreverei; E eu lhes serei por Deus, E eles me serão por povo; (Hebreus 8.10)


Veja, de acordo com a biblia, outra coisa que o Senhor Jesus Cristo fez para nos livrar do ministério da morte, da lei de Moises, através da sua vinda na terra em carne?

vindo, porém, a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,
para resgatar os que estavam sob a lei, a fim de que recebêssemos a adoção de filhos. (Galatás 4.4-5)




Resgatar do carceres do ministério da morte, da lei de Moises, lei que matava outros por testemunho de 2 ou 3 judeus, como exemplo, a mulher que adulterava tinha que receber pedrada?

Mas, antes que viesse a fé, estávamos sob a tutela da lei e nela encerrados, para essa fé que, de futuro, haveria de revelar-se. (Galatás 3.23)


A fé verdadeira não tem nada a ver com propositos em altares, propositos de provar sua fé em Deus, pois a obediencia ao evangelho de Cristo é que faz o Senhor estar com você diariamente, conforme a propria declaração dEle. Veja qual é a fé, o que o Espírito vivifica!

Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus; porque todos quantos fostes batizados em Cristo de Cristo vos revestistes. (Galatás 3.4-5)

Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém (Mateus 28.19-20)



Veja com está bem claro o papel do Espirito que vivifica, contrario a letra que mata (escrita em pedras)!

E disto nos dá testemunho também o Espírito Santo; porquanto, após ter dito:
Esta é a aliança que farei com eles, depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei no seu coração as minhas leis e sobre a sua mente as inscreverei,(Hebreus 10.15-16)


E agora veja dois exemplos de fé na lei de Cristo, exemplos de misericordia, aonde não tem nada a ver com propositos e votos baseados nos mandamentos do ministerio da morte, que foi escrita em tábuas que Moisés recebeu no Monte Sinai!

Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo.
Porque, se alguém julga ser alguma coisa, não sendo nada, a si mesmo se engana.(Galatas 6.2)

Porque nós, pelo Espírito, aguardamos a esperança da justiça que provém da fé.
Porque, em Cristo Jesus, nem a circuncisão, nem a incircuncisão têm valor algum, mas a fé que atua pelo amor.(Galatas 5.5-6)


* O Senhor Jesus mesmo que disse isso:

Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros.
Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros. (João 13.34-35)


* A lei da graça do Senhor Jesus:

Porquanto a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens,
educando-nos para que, renegadas a impiedade e as paixões mundanas, vivamos, no presente século, sensata, justa e piedosamente,
aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus,(Tito 2.11-13)


* Aqui está o que o Senhor Jesus quer:

Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício, não condenaríeis os inocentes.(Mateus 12.7)

OBS: Veja com está claro a declaração do Senhor Jesus, não sou eu, e nem o lider da igreja que estou. É Cristo, meu Senhor e Redentor e salvador que declara que quer misericordia das pessoas, sacrificios pertenceu a epoca da lei. Muitos dizem que segue a Cristo, mas aprenderam a usar a fé baseada em versiculos na lei de Moisés, do antigo testamento, isso é seguir a palavra que mata, escrita em pedras, vê se esse lideres ensinaram que existe uma letra que mata para as pessoas de suas igrejas?


Vê se é ensinado isso para eles, se leem esses versiculos em seus cultos?


E de novo protesto a todo o homem, que se deixa circuncidar, que está obrigado a guardar toda a lei.

Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei: da graça tendes caído.(Galatas 5.3-4)


De maneira que a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, a fim de que fôssemos justificados por fé.
Mas, tendo vindo a fé, já não permanecemos subordinados ao aio.(Galatas 3.24)



Quem é aio que depois que nos conduziu a Cristo, e fomos justificado por fé, não estamos mais subordinados e devemos considerar?

E de tudo o que, pela lei de Moisés, não pudestes ser justificados por Ele é justificado todo aquele que crê. (Atos 13.39)


OBS: É isso aí amigos, está bem claro e é biblico, a lei de Moises serviu de aio para que os Judeus e gentios aprendecem a respeitar e obedecer a Deus, e uma vez vindo a fé em Cristo, não seguimos e nem sujeitamos mais a lei de Moiseis e sua ordenancias e mandamentos. Obedecemos somete agora ao evangelho de Cristo, que é a Lei de Cristo, que tem novos mandamentos (sem mortes, letra que mata), e depois de conhecer o evangelho de Cristo por completo é que somos batizados!
Não seja insensatos amigos, os ensinamentos até hoje na sua vida servem de aio, abra seu coração para o evangelho, se você leu até aqui é porque tem a vontade de seguir somente ao Senhor Jesus Cristo.

Ó gálatas insensatos! Quem vos fascinou a vós outros, ante cujos olhos foi Jesus Cristo exposto como crucificado?
Quero apenas saber isto de vós: recebestes o Espírito pelas obras da lei ou pela pregação da fé?
Sois assim insensatos que, tendo começado no Espírito, estejais, agora, vos aperfeiçoando na carne? (Galatas 3.1-3)


OBS: Por favor, leiam o proximo tópico e descubra você mesmo, se realmente está usando sua fé no ministério do Senhor Jesus Cristo que é o Espirito vivificante, aonde o Espirito Santo vivifica os ensinamentos no evangelho de Cristo, na lei de Cristo. Ou se você, está aplicando supostamente sua fé, em doutrinas que fazem com que vc justifique-se diante de Deus através de atos baseados em versículos (letra que mata) no ministerio da morte, que é a Lei de Moises!


Topico: O que as igrejas atualmente fazem de errado baseados na Lei de Moisés

Que a paz do Senhor Jesus sejam convosco!

13 comentários:

  1. RAFAEL MARCOS GARCIA5 de dezembro de 2011 09:02

    TODAS AS COISAS PODEM PARECER LICITAS, MAS NEM TUDO ME CONVÉM
    VERDADE
    RAFAEL MARCOS GARCIA

    ResponderExcluir
  2. RAFAEL MARCOS GARCIA5 de dezembro de 2011 09:03

    TODAS AS COISAS PODEM PARECER LICITAS, MAS NEM TUDO ME CONVÉM
    VERDADE
    RAFAEL MARCOS GARCIA

    ResponderExcluir
  3. O Evangelho é:

    Obediência a Deus, amor e misericórdia. E isto esta faltando aos crentes hoje em dia. Concordo com você!

    ResponderExcluir
  4. RAFAEL MARCOS GARCIA16 de outubro de 2012 11:10

    Brother Eli, Parabéns pelo site

    ResponderExcluir
  5. A PAZ DO SENHOR IRMÃO ANDRÉ, ESTES ESTUDOS ESTÃO REALMENTE BASEADOS NA BÍBLIA, NO MINISTÉRIO QUE CONGREGUEI DURANTE 10 ANOS E QUE ME AFASTEI HÁ 2 MESES, POR VER A VERDADEIRA PALAVRA, LÁ ME ENSINARAM ERRADO, TINHA MUITOS ENSINOS QUE EU NÃO CONCORDAVA, MAS COM O PASSAR DOS TEMPOS OUVIA DIZER QUE ERA PARA NÓS GUARDARMOS O QUE ERA BOM E DEIXAR DE LADO O QUE NOS PARECIA RUIM OU ERRADO, MAS AGORA VEJO COM CLAREZA A FALTA DE LEITURA BÍBLICA ME CAUSOU CEGUEIRA DURANTE 10 ANOS, UMA IGREJA AONDE OS IRMÃOS VIVEM DE VERSICULOS ISOLADOS, AMEAÇAS,COMO SE VC NÃO FIZER ISSO OU AQUILO VC VAI PAGAR...E OUTROS ENGANOS PARA TE AMARRAR ALI DENTRO, UM FALSA DOUTRINA COM UM FALSO ENSINO E FALSO ENTENDIMENTO, O QUE EU DIGO PARA VCS QUE LEREM ESSE COMENTÁRIO É, NÃO ACEITE DERROTAS E MALDIÇÃO SOBRE A SUA VIDA, LEIA DIARIAMENTE A BÍBLIA, PRINCIPALMENTE O NOVO TESTAMENTO QUE É O QUE FOI DEIXADO PARA NÓS, NÃO LEIA COMO UMA ROTINA LEIA COM INTERESSE DE APRENDER, NUNCA DIGA: SE MEU PASTOR ME ENSINA ERRADO,ELE QUEM VAI PAGAR O ERRO NO ÚLTIMO DIA, NÃO DIGA ISSO,POIS A SALVAÇÃO É INDIVIDUAL, E DEUS NÃO ACEITA MEIAS VERDADES, OU VC ACREDITAVA E LIA A BÍBLIA OU VC ACREDITAVA SOMENTE NOS PASTORE,BISPOS,PREGADORES,PADRES,FREI,REVERENDO,APOSTOLO,MISSIONÁRIO...COMO SE ELE FOSSE A BÍBLIA, EIS A PERGUNTA.
    VC ACREDITA MAIS NA BÍBLIA OU NOS PASTORES? VC LÊ MAIS A BÍBLIA OU DA ENFASE SOMENTE NO QUE OS PREGADORES E AI CITADOS "FALAM"...eRREIS POR NÃO CONHECEREM AS ESCRITURAS. ATÉ MAIS IRMÃO, O SENHOR NÃO ME CONHECE MAIS SAIBA QUE LEIO O SEU BLOG DIÁRIAMENTE, NAO PARA TER A SUA PALAVRA COMO A CORRETA, MAS PARA LER A BÍBLIA E VER SE TENDES RAZÃO E ATÉ AGORA NÃO HOUVE NADA QUE LÍ QUE ESTIVESSE ERRADO...QUE DEUS TE ABENÇOE.

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de que soubessem que a plenitude do Evangelho de Jesus Cristo foi restaurada. Assim, presto meu solene Testemunho, em nome de Jesus Cristo, de que em 1820, um rapaz orou sinceramente, e tendo coração puro e real intensão de saber a verdade, recebeu a visita do Pai e de Seu filho Jesus Cristo, e assim novamente verdades eternas foram restauradas conforme no tempo de Jesus. Em 1830, a verdadeira igreja de Cristo, foi novamente trazida à terra, a autoridade do sacerdócio foi restaurada, e foi chamado novamente um Profeta com a autoridade e as chaves do reino. Hoje, temos esta igreja, e um profeta. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos últimos Dias. Selo meu testemunho, em nome de Jesus Cristo, amém.

    ResponderExcluir
  7. AS DUAS ALIANÇAS

    Ler II Cor. 3.6 ao 15
    Ao observamos as palavras do Apóstolo Paulo conseguimos perfeitamente entender o plano da salvação de Deus e o ministério da NOVA ALIANÇA.
    O que muitos cristãos não conseguem entender é que existem duas alianças. Uma foi feita no Monte Sinai :[MINISTÉRIO DA MORTE GRAVADO COM LETRAS EM PEDRAS, a quem Paulo também chama de MINISTÉRIO DA CONDENAÇÃO que é a LEI) conforme Ex. 34.1; Rom.3.19 e (MINISTÉRIO DO ESPÍRITO, que é o EVANGELHO).Todas as ordenanças do Velho Testamento foram impostas pelos “ANJOS” na mão de um MEDIADOR, Moisés, e este mediador na verdade não era de apenas UM mas de vários como encontramos em Gl 3:19,20 e é importante ressaltar que Deus é UM, logo Moisés não poderia ser o mediador entre Deus e os homens na Antiga Aliança pois o Evangelho estaria entrando em contradição com o Velho Testamento, I Tim. 2:5 “ Porquanto a um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus HOMEM.
    Em Gal. 3:10 entendemos que TODOS os homens que estavam debaixo da lei estavam debaixo da MALDIÇÃO pois o Velho Testamento testifica: “maldito todo aquele que não permanece em TODAS as coisas que estão escritas no livro da lei para praticá-las” Dt. 28:15.
    Em Gálatas 4.4 entendemos que Cristo também nasceu debaixo da lei (MALDIÇÃO) para RESGATAR os que estavam debaixo da lei e estender esta graça para todos os povos. Ora se Cristo se manifestou para resgatar os que no Velho Testamento estavam debaixo da lei e recebê-los como filhos de Deus “adotivos”, Cristo veio resgatar os JUDEUS pois a eles foi dada a lei. No verso 8 do mesmo texto Paulo pregando explica que outrora eles não conheciam a Deus e serviam aos que por natureza não são deuses. Quem seriam estes deuses? Seriam “anjos”.
    Aí então podemos entender porque Paulo fala acerca do “CULTO DOS ANJOS” conforme Col. 2:16,17.
    Em Rom. 7:4 Paulo explica que ao morrermos para a lei passamos a PERTENCER A “OUTRO” , ou seja, Jesus Cristo, que é Deus, pois ele e o Pai são UM, João 17:22. Sendo assim de quem éramos na lei e a quem pertencíamos? Para compreendermos este mistério observemos João 1.16 ao 18. Se Jesus Cristo não tivesse se manifestado ao mundo, nunca receberíamos a GRAÇA e nem a VERDADE. Não nos seria revelado o PAI pois Jesus Cristo foi quem o revelou. O verso 18 nos mostra “que Deus nunca foi visto por ninguém”, em João 5:37 Cristo diz aos judeus “...vós nunca ouvistes a sua voz nem vistes a sua FORMA. Em I Tim. 6.16 diz que homem “algum” jamais o viu e nem pode ver. Quem Moisés viu pelas costas no monte Sinai conf. Ex. 33:23?
    continuação abaixo

    ResponderExcluir
  8. Jesus Cristo se manifestou para dar esclarecimento de muitas coisas que estavam ocultas no Velho Testamento, pois foi ele quem trouxe a graça e a verdade. Sem o Evangelho (Nova Aliança) é impossível entender o que ficou para trás; e esta é a razão de Paulo testificar: II Cor. 3:14 ao 17. Até hoje quando se lê a Antiga Aliança (Velho Testamento) o mesmo véu permanece sobre todos aqueles que almejam o conhecimento da verdade. Paulo testifica também que a LEI É SOMBRA do que haveria de se manifestar e não a imagem EXATA das coisas, Hebreus 10.1. Então compreendemos que o Velho Testamento só pode ser explicado pelo Novo.
    Sendo o Velho Testamento SOMBRA (espaço privado de luz ou de pouca luz). Jamais poderia ele por si só nos proporcionar os esclarecimentos necessários dos fatos.
    Tomaremos como exemplo a história de Abraão: “Ele creu em Deus e isso lhe foi imputado como justiça”,Gál. 3.6.
    Esta história está totalmente deturpada em muitas igrejas à luz do Evangelho.
    Muitos pastores pregam que a promessa foi feita para Abraão era material, chegam até mesmo a testificarem que Abraão só prosperou financeiramente quando ofereceu o Isaque como sacrifício: TUDO MENTIRA ! Em Gen. 12, “Deus chamou Abraão e lhe fez uma promessa quando Abraão obedeceu e partiu, Gênesis 13.1,2
    Ele já era MUITO RICO e o Isaque ainda nem tinha nascido. Na verdade Abraão recebeu duas promessas uma verdadeira e a outra falsa. Uma promessa material e outra espiritual, o que vamos estudar mais adiante. Quando lemos Hebreus 11.8 ao 13 encontramos a verdadeira promessa feita para Abraão. O Evangelho explica-nos que Abraão peregrinou na terra da promessa como em terra ALHEIA, pois esperava UMA CIDADE que tem fundamentos A NOVA JERUSALÉM, esta era a promessa feita para ele, no verso 13 entendemos que todos eles morreram na fé sem terem obtido as promessas. Isto significa que Abraão também morreu na fé sem ter recebido a promessa. Em Gálatas 3.6 “Sabei, pois que os da fé é que são filhos de Abraão”. Ora os da fé não são os que sacrificam e nem mesmo os que deixam de pagar as suas contas para apresentarem a deus quantias exorbitantes. No capítulo 3 e verso 25 de Gálatas, encontramos: “mas antes que viesse a FÉ estávamos sob a guarda da lei.” Esta fé que só se manifestou no Novo Testamento é o Evangelho, a Nova Aliança que nos tirou da Maldição da Lei.
    Voltando ao verso 7, entendemos que os da fé são os que vivem nesta NOVA ALIANÇA. No verso 9 “De modo que os da fé são abençoados COM e não COMO o crente Abraão.”
    continuação abaixo

    ResponderExcluir
  9. A promessa da nova Jerusalém foi dada para Abraão e somente é estendida para aqueles que renunciam a Velha Aliança para viverem no Evangelho. No verso 10 entendemos que todos aqueles que vivem presos no Velho Testamento e nas suas ordenanças e isto também inclui os sacrifícios estão debaixo da MALDIÇÃO. Em I Tim. 2.3
    “Deus quer que TODOS os homens sejam salvos e venham ao pleno conhecimento da verdade, pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: JESUS CRISTO HOMEM. Em Dt. 20.18 encontramos: “Moisés MEDIADOR entre Deus e o povo”. Ora se Moisés foi mediador do Deus verdadeiro, então esta palavra está entrando em contradição com o Evangelho, pois o mesmo testifica que, há um só Deus e UM só mediador e este foi Jesus Cristo que veio trazer a salvação sem o conhecimento da verdade, Cristo disse aos judeus “e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” João 8.32.
    Cristo mostra aos judeus a necessidade do conhecimento da verdade, isto significa que a verdade não foi manifestada a eles, verdade esta que só se manifesta no EVANGELHO.
    Em II João verso 9 diz que TODO aquele que ultrapassa a doutrina de Cristo (Ministério do Espírito, a Nova Aliança) NÃO TEM A DEUS. Ora se não tem a Deus tem a quem ?
    Muitas igrejas fazem hoje uma verdadeira salada entre o Velho Testamento e o Novo Testamento principalmente em campanhas em que se arrecadam muito dinheiro.
    Em Gálatas 4.8 ao 11 observe novamente, Paulo chama a LEI de rudimentos fracos e pobres que só servem para escravizar e esta é a triste realidade na vida de muitos cristãos que por não terem o conhecimento da verdade estão sendo MANIPULADOS E COMERCIALIZADOS por falsos mestres que se utilizam do Velho Testamento para encherem as pessoas de fábulas e fantasias. Vide II Pedro 2.1 ao 3.
    Isaías profetizou que isso viria a acontecer que quando Cristo se manifestasse o povo voltaria para trás. Is. 1.3. Como aprendemos no início deste estudo, existem DUAS ALIANÇAS E DUAS LEIS: antes da vinda de Jesus todos os homens estavam condenados debaixo da maldição. Sendo assim, o evangelho veio portanto nos resgatar, Rom. 8.1. Todos aqueles que viverem debaixo da LEI, automaticamente se SEPARAM DE CRISTO, Gálatas 5.4.
    Em II Cor. 3.14, Paulo explica que o Velho Testamento foi “ABOLIDO”. Todas as pessoas que realmente almejam o reino de Deus sabem a importância de serem aperfeiçoadas pelo Evangelho, que buscando o reino de Deus as demais coisas lhes serão acrescentadas, Mateus 6.33; ler também Col.2.1 ao 3. O apóstolo Paulo nos traz tão grande revelação quando diz que em Cristo Jesus estão escondidos todos os tesouros da ciência e da sabedoria, quando analisamos I João 5.7 entendemos que o Pai, a Palavra e o Espírito são a mesma pessoa, então concluímos que no Evangelho estão ocultos todos os mistérios a serem revelados pelo Pai.
    Em João 1.17 diz que: a lei foi dada por Moisés mas a GRAÇA E A VERDADE só vieram por Jesus Cristo. E o maior mistério que fora revelado por Jesus Cristo no Novo Testamento foi: A NATUREZA DO PAI verso 18. Foi Cristo quem revelou o verdadeiro Pai (Deus). Ele disse em Mateus 11.27 “ Tudo me foi entregue pelo meu PAI. Ninguém conhece o Pai senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar”.
    continuação abaixo

    ResponderExcluir
  10. Se o Pai estivesse revelado no Velho Testamento não haveria necessidade de Cristo o revelar pois já estaria revelado. Jesus nunca falou que seu Pai era o deus do monte Sinai pois este era totalmente o oposto daquele, que ele Jesus apresentava pela sua vida. O seu caráter era oposto. Cristo disse: Quem me vê a mim vê o Pai. João 14.9,10. Jesus revelou aos seus discípulos o verdadeiro nome do Pai.. Em João 17.25, ele fala abertamente que o mundo NÃO O CONHECEU. Nota-se que as palavras de Jesus seriam mais tarde confirmadas pelo Apóstolo Paulo em Gálatas 4.8, principalmente para os judeus. Ora, se Jesus trouxe a graça, a verdade, o conhecimento do Pai e do seu nome, quem é JEOVÁ?
    Logo Jeová não pode ser o Pai.
    Se Jeová não é o Pai quem é Jeová? Quem é este Deus misterioso que trouxe tanta desgraça e destruição no Velho Testamento ? Para compreendermos este mistério necessitamos novamente de revisar que:
    1)Foi Cristo quem trouxe a graça e a verdade e sendo o Velho Testamento a sombra daquilo que ainda ia se manifestar somente através do Novo Testamento conseguiremos entender o Velho Testamento.
    2)Ao lermos Hebreus 1: 1 ao verso 3 entendemos que o PAI falou falou sim no Velho testamento muitas vezes e de muitas maneiras aos pais PELOS PROFETAS. Entretanto, Deus nunca entrou em um anjo para se revelar aos homens, mas no capítulo 2 encontramos que os anjos também falavam; e não só falavam como também tinham autoridade para julgar os homens. (Ministério de anjos descrito em Gálatas 3.19, que afirma que a lei foi imposta por causa das transgressões e promulgada por meio de anjos).
    Para compreendermos a natureza de Jeová vamos me Êxodo cap.3: “DEUS FALA COM MOISÉS DO MEIO DA SARÇA ARDENTE”- o Velho Testamento diz que o Deus Pai falou com Moisés e não somente falou como mais tarde se mostrou a ele pelas costas: Êxodo 33.22.
    O Novo Testamento mostra-nos totalmente o contrário.
    1) Deus nunca foi visto e ouvido por ninguém: João 1.18, João 5.37, I Tim. 6.16
    2) Quem falou com Moisés no Monte Sinai foi um anjo. Atos 7.35 a 38.

    Graça e paz a todos da parte de Cristo Jesus.

    ResponderExcluir
  11. irmão do site queria que voce me repondesse se jesus aboliu a lei porque em mateus 5 vs 17 e 18 ele fala que não veio abolir a lei e sim cunprir no sentido de obedecer.e porque em lucas 16 vs17 fala que pode o ceu e a terra passa mas nem um til ou um i da lei vai passa.o ceu passou a terra passou?não, então quer disser que a lei ainda vale esse testo diz que a lei e eterna.ha e sobre a lei tem diferença entre a lei de Deus e a lei de moises ta são diferentes. queria que voce me respondese.

    ResponderExcluir
  12. jesus não aboliu a lei mateus 5 vs 17 e 18.

    ResponderExcluir
  13. queria que o irmao do site me respondese se jesus aboliu a lei então porque em mateus 5 vs 17 e 18 jesus fala que não vei abolir a lei mas cunprir no sentido de obedecer.e porque em lucas 16 vs 17 a biblia fala que a lei e eterna.porque ai fala que pode o ceu e a tera passa mas nem um i ou um tiu da lei vai ser omiti ou seja fai ser tirado.o ceu ja passou e a terra ja passou?não entao que disser que a lei vale ate hoje.então queria que voce me respondese.e deichase meu comentario aparecese.

    ResponderExcluir